Vinhos

Seja o primeiro a comentar !!!

Vinhos

Uma regra básica: vinhos tintos (fortes) anulam peixes e frutos do mar.Vinhos brancos (doces e aromáticos) brigam com carnes escuras. Como toda regra tem sua exceção, não deixe de tomar um grande vinho só porque a combinação não é perfeita.

Vinhos Brancos

Riesling (Itálica): cor clara, pouco perfume no aroma, sabor seco mas agradável. É a variedade que mais aparece nos rótulos brasileiros. 
Combinação: frios, ovos, peixes defumados e grelhados, carnes brancas em geral.

Semillon: cor ligeiramente amarelada, pouco aromático, sabor mais encorpado,seco (no Brasil). Na França, entra na composição do mais famoso Sautemes, adocicado.
Combinação: frutos do mar, queijos de massa mole (Brasil), sobremesas, exceto as de chocolate e patês à base de fígado (Sautemes).

Sauvignon Blanc: cor leve, pálida, aroma mais intenso, lembrando frutas e ervas, sabor refrescante.
Combinação: peixes grelhados, frutos do mar, carnes brancas, massas leves.

Chardonay: cor que vai do amarelo-pálido ao amarelo vivo. Aroma frutado quando jovem e lembra amêndoas quando envelhecido. Sabor intenso.
Combinações: moluscos, queijos de massa leve, tortas secas, nozes e amêndoas.

Gewürztraminer: cor clara, aroma e sabor bem típicos. Perfumado, elegante, recordando especiarias.Os brasileiros não têm todas estas características.
Combinações: fígado de pato, frango ou pato com molho adocicado ou de especiarias e massa ao molho branco (leves).

Trebbiano (Saint-Emilion ou Ugni Blanc): cor clara, aroma fraco, sabor de pouca personalidade (um pouco amargo).
Combinações: frios, porco, carnes brancas e grelhadas.

Vinhos Tintos

Cabernet Franc: cor viva, brilhante, com aroma de framboesa, sabor de ervas. É a variedade mais citada nos rótulos brasileiros.
Combinações: queijos meia-cura (Minas, Camembert, Brie, Gouda e Emmental), massas leves com molho à base de tomates, carnes de boi em molho não muito pesado.

Cabernet Sauvignon: cor densa, com aromas diversos, sobressaindo-se os de amora e violeta. Sabor intenso quando jovem, mas com muita acidez e tanino. Envelhecido, torna-se fino e agradável. Bom para guardar.
Combinações: carnes (bovina e caprina), aves nobres, queijos de massa dura como parmesão, de cabra e minas curado.

Merlot: cor escura, encorpado, com aroma rústico, lembrando especiarias. Sabor ao mesmo tempo seco e intenso. Envelhece bem.
Combinações: massas, carnes escuras (caças), queijos picantes(Boursin, Roquefort, Gorgonzola) e cozidos em geral.

Gamay: é a uva dos famosos vinhos Beaujolais. Cor clara, quase transparente, de aroma frutado, sabor refrescante. Deve ser bebido jovem, levemente refrigerado.
Combinações: alguns peixes (bacalhau, enguia), frango, vitela, coelho, porco e presunto.

Pinot Noir: cor viva, aroma pronunciado e variado. Sabor redondo, agradável. Uva usada para grandes vinhos tintos, alguns rosados e também para o champanhe (só o sumo).
Combinações: carnes de caça, carneiro, galinha d'angola, Rosado, acompanha bem rosbife, galeto, queijos de massa fresca, frios em geral.

Barbera: cor e aroma fortes, sabor um pouco àspero, sem muita definição.
Combinações: massas, carnes, cozidos (ensopados), cabrito.
Gostou? Então compartilha!
Digg it StumbleUpon del.icio.us Google Yahoo! reddit

No Response to "Vinhos"

Postar um comentário